Meu Crachá de militante, por favor!

Nos anos 60, a esquerda, mais atuante com os Comunistas, tentava tomar o poder no Brasil, mas isso é pouco tratado nos livros de história, afinal são os próprios esquerdistas que não conseguiram tomar o poder dos militares, que editam os livros e mais, a redação dos grandes veículos de comunicação, portanto a narrativa que é disseminada é do “vitimismo” dos pobres militantes de esquerda, que só foram os perseguidos e maltratados pelos militares. Não vou ocupar o tempo do leitor para lembrar dos mortos por ataques da esquerda, dos “comunistas”, para ganhar tempo vamos ao “Mensalão”, e o que foi isso? A esquerda, depois de se infiltrar nas escolas, nas igrejas, e na camada mais pobre da sociedade, consegue galgar posições de alto escalão na política, com a sua estratégia de permanecer no poder eles cooptam, por meio da corrupção, os políticos, com dinheiro público desviado de obras com apoio de empresas e empresários, assim conseguindo ter funcionários dentro do Congresso Nacional, nas Cortes de Justiça e nas policias, e deste último eu entendo bem, fui vítima desta esquerda maldita por não concordar com os chefes corruptos, afinal a Lei é para os amigos, mas este é outro caso, voltando, com pagamentos mensais, os políticos trilhavam os caminhos definidos pelos administradores da ORCRIM. O que eles não contavam era com a própria ganância humana, e foi exatamente por ela que surgiu o primeiro delator, insatisfeito com a parte que recebia, e deu inicio ao processo do “Mensalão” que mostrou para o Brasil às entranhas do sistema e de que lado estavam estes ou aqueles, juristas ou políticos. Como houve uma grande comoção mundial, foi necessário alguns “Bois de piranha” para dar satisfação ao mundo, contudo o sistema corrupto não parou e alguns anos depois do “Mensalão” surge a operação “Lava Jato” esta, novamente, mostra por dentro o tamanho do que foi roubado do meu e do seu dinheiro, não acredite que empresas foram saqueadas, quem foi saqueado foi eu e você. Vimos o tamanho do estrago feito pelos “Políticos honestos” da nossa classe política e nos revoltamos com tanta roubalheira. Surge então, um candidato que até então era pouco conhecido e não tinha em seu histórico, processos por ter aceitado dinheiro de empresários e ainda que não seja um grande filósofo, um grande empreendedor, empresário, mas um servidor do Exército Brasileiro, um homem simplesmente honesto e se mostra como única opção para mudar aquele jogo sujo da esquerda. Numa organização jamais vista “no planeta” sem dinheiro para os apoiadores, de forma espontânea e com a ajuda de um novo meio de comunicação, a Internet, os Bolsonaristas elegem seu candidato e dezenas de caronistas que diziam apoiá-lo. Acontece que foram dezenas de anos, com os esquerdistas tomando o poder e os meios de comunicação, assim, mesmo eleito, a mídia não parou os ataques, muito pelo contrário, declarou guerra direta e os Bolsonaristas, mesmo não tendo uma coordenação central, usam os meios eletrônicos para derrotarem às milhares de falsas noticias. Entramos numa poderosa guerra e temos poucos jornalistas ou comentaristas políticos ao nosso lado, ao lado dos conservadores. Nós sabemos muito bem o por que, mas não afrontamos com baixarias, só nos defendemos com a liberdade de expressão e com a verdade. Ocorre que parte dos comentaristas querem nos diminuir por sermos a favor da família, dos costumes, da liberdade de comunicação e apontam nossa guerra como uma “Militância Bolsonarista” como se isso fosse de alguma forma um fato ruim… Não, não é e é totalmente necessário para combatermos uma milícia muitas vezes mais perigosa e forte, afinal eles ainda estão infiltrados nas escolas, universidades, órgãos públicos. Não, não existe outro meio de se vencer uma guerra que não for militando por ela, logo alguém pode me dar meu crachá, estou pronto para luta, desde os cara pintadas de 1983, militante sim senhor!

Publicidade

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s